Arquivo da tag: Galeria dos Campeões

FBSURF PRESTA HOMENAGEM AOS CAMPEÕES BAIANO DE SURF NA ETAPA DE IPITANGA

IPITANGA SURF FESTIVAL 2019 – ETAPA HILTON ISSA

IPITANGA SURF FESTIVAL - ETAPA HILTON ISSA
Hilton pai e Hilton filho – Arquivo Pessoal

Além da disputa do título, que promete ser emocionante na primeira etapa do circuito baiano profissional deste ano na Praia de Ipitanga, na Cidade de Lauro de Freitas, a grande abertura do Ipitanga Surf Festival 2019 – Etapa Hilton Issa, prestará uma homenagem a todos os integrantes da “Galeria dos Campeões Baianos de Surf”, que disputarão uma bateria inédita e histórica assim como quando tudo começou, há 47 anos atrás.

No início os eventos eram amadores e o título era decidido em uma única competição anual. O primeiro campeão baiano de surf foi o lendário Jorge Tourão que venceu o primeiro campeonato realizado em 1972, ano que foi fundada a Associação Baiana de Surf (ABS) e presidida por Nazareno onde realizou mais dois eventos, que até o momento não encontramos relatos oficiais dos campeões de 1973 e de 1974. Em 1975 foi realizado o primeiro intercolegial de surf vencido pelo ilustre Hilton Issa, que aos 13 anos tomou gosto pela vitória e repetiu o feito por muitos anos, conquistando o título de campeão por mais de 30 vezes no decorrer da sua brilhante carreira de atleta.

189701_1932997887499_1739754_n[1]

Em 1976 foi fundada a Federação Baiana de Surf, tendo Paulo Sérgio Avena (Popó) como vencedor do título muito embora, em junho daquele mesmo ano tenha sido realizado o II Festival de Surfe Ilheense, vencido por Paulo Sergio Campos de Souza (Pauletty), seguido por Popó. Nesta primeira gestão da (FBS) onde tivemos Luis Carlos de Almeida na presidência, empresário dono da Sunsurf, uma das primeiras lojas de surfwear da Bahia, que chegou a realizar mais três eventos estaduais vencidos pelo soteropolitano Hilton Issa (1977), pelo ilheense José Marco (1978) e pelo também soteropolitano Maurício Abubakir (1979).

40
Maurício Abubakir – Arquivo Pessoal

Nos anos 80′ a Bahia viveu sua primeira crise na organização do surf estadual com a paralisação da (FBS), dando início ao surgimento das organizações municipais como a Associação de Surf de Salvador (ASS) em 1981, sendo fundada e presidida por Clay Loylie, Associação Ilheense de Surf (AIS) em 1983. Já no final da década de 80′ foi fundada a Associação de Surf do Pescador, encabeçada por Jorge Reis, realizando os três primeiros grandes eventos “Bahia Pro Contest”, porém somente em 1989 foi realizado pela Associação de Surf de Salvador (ASS), na gestão de Marcia Brandão e Tatiana Goulart, o primeiro Circuito Baiano de Surf Profissional homologado pela Associação Brasileira de Surf (ABRASP), vencido por Olímpio Batista.

42
Olímpio Batista – Foto Divulgação

Um total de dezenove surfistas dividiu os vinte e cinco títulos baianos de surf profissional disputados desde 1989 até 2018. O maior recordista é o soteropolitano Christiano Spirro, que escreveu por quatro vezes o seu nome na “Galeria dos Campeões Baiano de Surf Profissional ”. Em 1991, ele tinha apenas 18 anos de idade quando faturou o seu primeiro caneco. O segundo e o terceiro vieram consecutivos em 1992 e em 1993 e, em 2004, aos 31 anos conquistou o único tetracampeonato da história.

43
Cristiano Spirro – Foto Divulgação

Dos 25 títulos baiano, além dos quatro de Christiano Spirro, apenas o também soteropolitano Márcio Thola foi tricampeão consecutivo vencendo em 1996, 1997 e 1998 e o ilheense Rudá Carvalho que é bicampeão, conquistando os títulos nas temporadas de 2011 e 2015.

Os outros títulos foram vencidos por Olímpio Batista (1989), Duda Barreto (1990), Armando Daltro (1994), Bruce Kamonk (1995), Beto Dias (1999), Wilson Nora (2000), Jerônimo Bomfim (2001), Patrick Coelho (2002), Leo Hereda (2003), Dennis Thiara (2005), Heloy Júnior (2006), Bruno Galini (2012), Bino Lopes (2013), Marco Fernandez (2016), Yagê Araújo (2017) e Davi Silva (2018).

41
Jorge Hupsel e Fredão – Foto Divulgação

11
1213