1Davi2

Davi é campeão, Diogo brilha e Ilhéus domina Surf baiano

Invicto até a sexta etapa, Davi Mendes conquistou o título de campeão baiano na categoria Mirim 2018, Diogo Santos chega a três finais e a cidade de Ilhéus vence cinco dos oito títulos em disputa na etapa da ACS.

Da redação com informações do ACS
Colaboração de fotos: Wallace Sampaio/ACS

A Praia do Piruí, em Arembepe, no litoral de Camaçari bombou altas ondas, neste domingo (11), para mais uma etapa do Campeonato Baiano de Surf Amador. Realizada pela Associação Camaçariense de Surf (ACS) e homologada pela Federação Baiana de Surf (FBSurf), a etapa foi válida como terceira do Circuito municipal e sexta do Baiano Amador.

Além Davi e Diogo, que venceu a Júnior, os ilheenses foram vencedores na Open, com Taiwan Chan; na Master, com Wallace Sampaio e na Infantil, com Miguel Cerqueira. Os outros títulos ficaram com Vitor Gabriel de Lauro de Freitas, na Petit; Breno Matos, na Iniciante e Samira Vitória, na Feminino, ambos de Camaçarí.

1Davi3
Sem adversário, Davi Mendes conquistou o título de campeão baiano Mirim.

O primeiro título de Campeão Baiano do ano foi da categoria Mirim. O ilheense Davi Mendes, que mostrou um forte ritmo nas competições em 2018 vencendo todas as etapas até o momento, conquistou, por antecipação, mais um título na carreira. “Mais uma etapa pra conta, evento irado. Gratidão a Deus, a minha família e, principalmente, ao meu pai, que é meu técnico e o cara que me fez ser quem eu sou. Tanto como pessoa e, também, como atleta. Toda honra e mérito é dele, pois está comigo em todos os momentos, me descobriu no surf e me passa todos os ensinamentos. Valeu a todos que torcem por mim e acreditam no meu potencial”, comentou o campeão.

Outro destaque do evento foi o atleta local de Olivença, Diogo Santos, de 16 anos que fez final na sua categoria, a Mirim terminando em segundo e vem evoluindo nas categorias acima de sua idade. Diogo venceu a Júnior e terminou em segundo na Open.

Na Open, o ilheense Taiwan Chan virou a bateria nos minutos finais e foi soberano com incríveis 18,10 pontos de somatório, deixando Diogo Santos, com a segunda colocação. Na categoria Master, quem levou a melhor foi o ilheense Wallace Sampaio, com o também ilheense Marcelo Alves em segundo.

Resultado:
Petit:
1º) Vitor Gabriel
2º) Davi Bastos
3º) Felipe Guerreiro
4º) Pedro Veiga

Infantil:
1º) Miguel Cerqueira
2º) Esdras Morais
3º) Pedro Henrique
4º) Gabriel Leal

Iniciante:
1º) Breno Matos
2º) Kayki Araújo
3º) Gabriel Paiva
4º) Pedro Silvestre

Mirim:
1º) Davi Mendes
2º) DiogoSantos
3º) Kayki Araújo
4º) Darlan Marques

Junior:
1º) Diogo Santos
2º) Taiwan Chan
3º) Antonio Vinicius
4º) Breno Matos

Master:
1º) Wallace Sampaio
2º) Marcelo Alves
3º) Leandro Moreira
4º) Adson Maurício

Open:
1º) Taiwan Chan
2º) Diogo Santos
3º) Fabricio Bulhões
4º) Jadson Santana

Feminino:
1º) Samira Vitória
2º) Daniele Albuquerque
3º) Potira Castman
4º) Laine Silva