FBSurf aprova Regimento Interno e Livro de Regras 2018

Apesar das decisões importantes para o futuro dos atletas e competidores do surf baiano, os representantes dos atletas amadores e profissionais, assim como seus suplentes eleitos para o cargo não compareceram na assembléia geral em que foram aprovados o Regimento Interno e o Livro de Regras 2018 da FBSurf.

wp_ss_20180716_0006

A assembléia geral extraordinária para aprovação do Regimento Interno e Livro e Regras, deu início as 10:30h, na manhã do sábado  (14) e estiveram presentes, os representantes legais da Associação Camaçariense de Surf, Associação Lauro Freitense de Surf, Associação de Surf e Ecologia de Stella Mares, Associação de Surf de Valença, Associação de Surf de Itacaré, Associação de Surf e Ecologia de Belmonte, Associação Baiana dos Surfistas Máster. Porém, não compareceram, os representantes dos Surfistas Profissionais e Amadores, Lalo Giudice e Ricardo Neves.

Foram aprovadas decisões como regras para realização de circuitos e eventos sancionados e homologados pela Federação Baiana de Surf; taxas de inscrições e filiações dos atletas; regras gerais e complementares de competição; taxas de homologação de eventos para o segundo semestre de 2018; prioridade na formatação do calendário; exigências para formação e convocação do Staff Técnico; e regulamento disciplinar.

A leitura e debate de cada capítulo e artigo se estendeu até 17;00h para que fossem aprovadas e devido o estender do horário, cansaço e falta de quorum, já que a maioria dos representantes tinham outros compromissos e não poderiam entrar pela noite, ficou decidido por unanimidade que a FBSurf convocasse a Assembléia Geral Ordinária, para a aprovação orçamentária para o segundo semestre de 2018, em uma outra data, que será defina e anunciada brevemente pela presidência em exercício.

 

FEDERAÇÃO BAIANA DE SURF EM CAMAÇARI

wp_ss_20180713_0004

A diretoria da Federação Baiana de Surf se reuniu nesta sexta-feira (13) em Jacuípe com NICK, que além de ter uma Escola de Surf referência na Bahia, representa alguns atletas que vão viajar com a Delegação Baiana para a segunda etapa do Campeonato Brasileiro Amador que acontece em Maresias, no estado de São Paulo, entre os dias 3 e 5 de agosto. A Diretoria vem procurando estreitar relações com todas as Associações Filiadas e Vinculadas fazendo um trabalho de valorização dessas entidades. Nick fechou parceria com a Federação e deverá estar presente na etapa paulista.

AGENDA DE TRABALHO PÚBLICO PRIVADO DA NOVA DIRETORIA FBSURF A TODO VAPOR

wp_ss_20180713_0002

Na manha desta quarta feira (11) a Diretoria da Federação Baiana de Surf esteve com Diretor Geral da SUDESB, o Sr Elias Nunes Dourado e com a senhora Maryluce Melon chefe de gabinete. Na pauta o planejamento para o segundo semestre com apoio para Equipe Baiana de Surf,e o estreitamento cada vez mais dessa parceria que é de grande importância para esse novo momento da Federação Baiana de Surf.

 wp_ss_20180713_0003

Ainda no período da manhã estivemos com um empresário Amilton Cruz, proprietário da Trip Brasil, uma genuína Surf Wear baiana, fortalecendo o apoio para a Equipe Baiana que tem até o fim do ano três importantes competições fora do Estado.

Edital de Convocação Assembléia Geral

Eu, Ricardo Ferreira Luz, Vice-Presidente em exercício da Federação Baiana de Surfe, no uso das atribuições conferidas pelo Estatuto Social, venho através deste edital convocar as entidades filiadas e aptas a votar: Associação Camaçariense de Surf, Associação Lauro Freitense de Surf, Associação de Surf e Ecologia de Stella Mares, Associação de Surf de Valença, Associação de Surf de Itacaré, Associação de Surf e Ecologia de Belmonte, Associação Baiana dos Surfistas Máster, assim como os representantes dos Surfistas Profissionais e Amadores da Bahia, os senhores Lalo Giudice e Ricardo Neves, para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária a ser realizada na sede da Igreja Mundial, localizada na avenida ACM, nº3.749 – Centro IGUATEMI, no dia 14 de julho de 2018, em primeira convocação às 09:30 horas, com a presença de 2/3 dos representantes legais, em segunda convocação às 10:00 horas, no mesmo dia e local, com a presença de metade mais um do número total de representantes legais, a fim de deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA:

  1. Aprovação do Orçamento II Semestre 2018
  2. Conclusão e aprovação do Regimento Interno
  3. Aprovação do Livro de Regras 2018
  4. Apresentação do Calendário II Semestre 2018
  5. Seminário Baiano de Surf

Lauro de Freitas, 03 de julho de 2018.

WP_20180706_09_49_27_Pro

II SESSÃO ORDINÁRIA DA ATUAL DIRETORIA EXECUTIVA DA FBSURF.

35062520_2053290511608677_5780234254734589952_n

Dando continuidade aos trabalhos da FBSURF, nesta terça-feira 12 de junho, a nova Diretoria se reuniu no auditório do Parque das Dunas, situado na Rua José Augusto Tourinho Dantas, Praia do Flamengo, Salvador – Ba, N° 1.001, com a presença do Presidente Marcelo Barros, do Vice-presidente Ricardo Luz, da Diretora Executiva Carla Circenis e do Diretor Executivo José Reis, onde foi debatida a seguinte Ordem do Dia:

• Orçamento para o II° Semestre 2018;
• Revisão dos Regulamentos e minuta do Regimento Interno;
• Convocação da Assembléia Geral Extraordinária para apreciação e aprovação do Orçamento II° Semestre, Regulamentos e Regimento Interno;
• Definição do Calendário para II° Semestre;
• Pendencias e multas contraídas junto a Receita Federal na prática regular da gestão passada;
• Parecer da Delegação Baiana na abertura do Circuito Brasileiro de Surf Amador;
• Encaminhamentos da Assembléia Geral Ordinária da CBSurf; e
• I Seminário Baiano de Surf – Gestão do Surf.

As decisões aprovadas pela Diretoria Executiva da FBSurf, tanto da I quanto desta II sessão, serão apresentadas em Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada na primeira semana do mês de Julho, em local dia e hora a ser definido e convocada através de edital oficial.
Ainda na tarde desta terça-feira, 12 de junho, a nova Diretoria da FBS, aproveitou para prestigiar a conclusão das aulas presenciais da 3a Turma Salvador do Curso Instrutor de Surf / CBS 2018, ministrada pelo professor Wilson Ribeiro, que acontecem hoje, amanhã e quinta-feira, com entrega dos certificados totalizando 100 horas de formação.

Carla Circenis – Diretora Executiva

EQUIPE BAIANA REPRESENTA MUITA BEM A BAHIA E DAVI MENDES É CAMPEÃO DA 1a ETAPA CBSURF JÚNIOR TOUR

35026606_2052446701693058_8691598026969448448_n

A Federação Baiana de Surf com muito empenho e dedicação, conseguiu com o apoio da SUDESB (Superintendência Dos Desportos do Estado da Bahia) e da Trip Brasil levar a Equipe Baiana para Maracaípe- Pernambuco, onde este último fim de semana foi a Capital Brasileira do Surf.

35123798_2052446601693068_723645828383637504_n

Apesar das dificuldades e da pouca estrutura a BAHIA subiu ao pódio em uma emocionante e disputada categoria Sub 16, o Baiano DAVI MENDES que havia sido desclassificado nos últimos segundos da categoria Sub 18, não deu chances aos seus oponentes e venceu a categoria Sub 16 conquistando o TROFÉU Fábio Gouveia, grande honraria de um dos maiores e mais carismáticos atletas que representaram nosso país em todos os tempos.

35144958_2052737704997291_5171691733112586240_n
Os outros ATLETAS ficaram pelo caminho, mas também desempenharam um excelente trabalho, demonstraram maturidade, espírito de equipe e responsabilidade, mas o tempo é curto de cada bateria, e assim, como nossos atletas têm um grande potencial, os outros Estados também, foi um experiência muito boa por que puderam ficar frente a frente com os principais nomes das categorias de base do CBSurf Júnior Tour, válido pelo Circuito Brasileiro de Surf, a única coisa que diferencia os ATLETAS da Bahia dos outros Estados é a estrutura, porquê talento eles têm de sobra.

35143996_2052737998330595_5566483512053202944_n
Portanto, a FBSurf parabeniza toda equipe baiana, todos os atletas oficiais e suplentes, a comissão técnica, a todos os técnicos, pelo comprometimento e determinação e que no mês de Agosto em São Paulo / Maresias já no próximo desafio, possamos fazer ainda melhor.

FEDERAÇÃO BAIANA DE SURF MARCA PRESENÇA NO II FÓRUM INTERNACIONAL DO ESPORTE /BAHIA – BRASIL 2018

34838343_2051624035108658_3596142019195437056_n

E o trabalho da nova diretoria a frente da Federação Baiana de Surf não para. A FBSurf contou com a participação do Vice-Presidente Ricardo Luz no II Fórum Internacional do Esporte, onde pode compartilhar conhecimentos e experiências ímpares na prática do desporto e paradesporto.

Na abertura do evento, na tarde de sexta-feira, 08 de junho, o secretário estadual do esporte Vicente Neto, deu as boas vindas a todos onde fez uma explanação do legado para a Bahia, dos últimos megas eventos realizados em solo brasileiro como a Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas.

34888962_2051624061775322_8708346191810658304_n

Ainda na sexta-feira, um dos temas mais debatido e abordado pelo presidente da Confederação Brasileira de Desporto Universitário Luciano Atayde Cabral, foi a maior participação de atletas nas gestões de entidades desportivas, questionando qual o real objetivo de pleitear “Atletas na Gestão” e quais os critérios que pretendemos estabelecer para determinar potenciais ”Atletas gestores”, mas afirma que é preciso democratizar e ampliar os processos seletivos e eleitorais.

Já neste sábado, dia 09 de junho, o médico Doutor em cirurgia e professor titular da Faculdade de Medicina/UFBA Gildásio Daltro, iniciou os trabalhos palestrando sobre o Esporte na perspectiva da saúde e inclusão social, abordando os riscos e efeitos adversos da prática desportiva sem avaliação e acompanhamento médico, técnico e de educadores físicos, principalmente na iniciação desportiva em crianças, mas destacando também os benefícios da prática desportiva para crianças especiais ou diagnosticadas com doenças crônicas, explanando também sobre novas pesquisas e tecnologias como a Dinamometria Isocinética e laboratório de análise tridimensional do corpo humano.

Na seqüência foi a vez do professor e presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva o Doutor Milton Jordão, introduzir o debate sobre Direito Desportivo, citando a necessidade de regulamentação Jurídica do Esporte, princípio da autonomia, desenvolvimento e suficiência das entidades desportivas e espécies de normas que regem o Esporte, como Regras, Regulamentos, Normas Disciplinares e Organização Desportiva.

Ainda pela manhã tivemos uma excelente oportunidade de dialogar com o Ex-Diretor do Departamento de Incentivo e Fomento ao Esporte do Ministério do Esporte, professor Paulo Vieira, que deu uma verdadeira aula de como elaborar projetos e captar recursos através das Leis de Incentivo Fiscal ao Esporte, etapa por etapa e principais passos do proponente.

Antes do café interativo, tivemos uma palestra sobre a experiência Cubana: da iniciação ao alto rendimento, com Laura Ivete Pujol Torres, cônsul geral da Replública de Cuba Nordeste (Havana/Cuba/Internacional).

Logo após o café tivemos um debate sobre os desafios do Paradesporto nos dias atuais, Papel da Ciência do Esporte e tecnologia no paradesporto, com a messa formada por Ciro Winckler Coordenador de Alta Peformance CPB, Doutor em Educação Física/UNICAMP e Professor da Universidade Federal de São Paulo e Renê Pereira (paratleta baiano), mediada por Everaldo Augusto (chefe de gabinete da SUDESB).

Depois de algumas apresentações culturais e do belo almoço oferecido para os participantes podemos debater sobre o Marketing Esportivo com o portugues Pedro Gaspar, formado em Marketing Internacional, onde tivemos a oportunidade conhecer um pouco do trabalho realizado no Espaço Multiuso de Odivelas, pelo governo de Portugal.

O evento foi encerrado com um pronunciamento de Ney Santos, professor da UFBA e assessor técnico da SUDESB e de Everaldo Augusto, chefe de gabinete da SUDESB, com entrega de certificados para todos os que participaram dos dois dias de evento.

34887493_2051624095108652_1114630024327069696_n

No geral, a participação da FBS, assim como da filiada ALFSURF, na pessoa do atual presidente Simário de Jesus e da vinculada ASITA na pessoa do presidente Waldir Fernandes, foi muita produtiva a cerca de novos conhecimentos e troca de experiência, assim como a cerca de fortalecimento e novos contatos na busca de novos parceiros e apoiadores para a Federação Baiana de Surf.

FBSURF CONFIRMA DELEGAÇÃO BAIANA PARA DISPUTAR O BRASILEIRO POR EQUIPES

EQUIPE BAIANA DE SURF PARTE COM DESTINO AO PRIMEIRO DESAFIO DO ANO EM MARACAÍPE 

34585550_2050339555237106_8372546381386088448_n

A nova diretoria da Federação Baiana de Surf, apesar de pouco tempo de posse já demonstra trabalho conciso e em parceria com a SUDESB (Superintendência dos Desportos da Bahia) e da Trip Brasil (Surf Wear genuinamente baiana), viabilizam a ida dos ATLETAS BAIANOS para o Campeonato Brasileiro de Surf por Equipes.

O Equipe Baiana vai representar o Estado na primeira Etapa do MARANDS SURF FESTIVAL/ CBSURF TOUR 2018 que será realizado entre os dias 09 e 10 de junho na famosa Praia de Maracaipe-Pernambuco.

Os atletas das Categorias Sub 18, Sub 16, Sub 14 e Feminino representadas pelos atletas KAIO Barreto da Silva; TAIWAN Chan; DIOGO Santos da Silva; BRAIAN Ramos Goes; KAYKY Araújo Marcadalli; LAELSON de Souza Júnior; DARLAN Marques de Almeida; DAVID Mendes dos Santos, estarão em disputa com os melhores competidores do Brasil, pois estarão presentes atletas de 14 Estados da Federação e que são grandes promessas do Surf Brasileiro.

A Delegação da Federação Baiana de Surf está composta pelo Diretor Financeiro José Reis, pelo Diretor Técnico Bruno Galini, pelos Técnicos Jackson Bomfim da Silva, Jadson Ribeiro dos Santos e pelo novo Presidente da Associação de Surf de Itacaré Alisson Reis.

Desejamos boa sorte ao nosso Time e varias atividades já estão marcadas para o retorno da Delegação a Bahia.

Federação Baiana de Surf, participa de seminário Desafios e Perspectivas do Gerenciamento Costeiro da Bahia

33499513_2043489429255452_1725174932716912640_n

O vice presidente Ricardo Luz e a Diretora Executiva Carla Circenis, ambos da nova diretoria da Federação Baiana de Surf, participaram de seminário Desafios e Perspectivas do Gerenciamento Costeiro da Bahia, promovido, nesta sexta-feira (25), pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado (SEMA).

A Bahia é o maior litoral brasileiro com 1.100 quilômetros de faixa costeira do país, com características ambientais muito diversas e Salvador é a segunda maior metrópole costeira do país, onde os desafios para gerenciar uma área com esta extensão são inúmeros e a implementação do gerenciamento costeiro é importante para entender a realidade dos municípios e propor soluções para os diversos tipos de problemas.

Ciente das potencialidades para o esporte surfe e para o turismo de sol e praia, que tem trazido milhares de pessoas para o litoral baiano, a Federação Baiana de Surf se fez presente nas pessoas do Vice-Presidente Ricardo Luz e da Diretora Executiva Carla Circenis, para compreender melhor o funcionamento da zona costeira e identificar os principais conflitos nessas áreas. Também pôde ser analisadas as iniciativas e ações desenvolvidas de gerenciamento costeiro e experiências e expectativas da sociedade civil para a implementação do Plano Estadual de Gerenciamento Costeiro na Bahia.

Diante deste cenário, ficou clara a necessidade de se criar políticas públicas que possam ordenar e planejar o futuro do litoral baiano, integrando os 53 municípios localizados na costa baiana, os órgãos ambientais como Inema, Ibama, Sema, Seplan, Sedur, Setur, SPU, representantes da sociedade civil, entre outros.